UM LIVRO POR SEMANA: A China fica ao lado

Sugestão de Beatriz Leirosa
31-10-2018

O livro “A China fica ao lado”, de Maria Ondina Braga, retrata de todas as mais distintas formas a sociedade antiga e atual da China através da protagonista.

 

O livro “A China fica ao lado”, de Maria Ondina Braga, retrata de todas as mais distintas formas a sociedade antiga e atual da China através da protagonista.

Desde as preocupações da protagonista - com quem facilmente nos identificamos pelos seus problemas e desabafos comuns em todo o tipo de sociedades -, até aos momentos de maior felicidade, tudo parece representar o que a mulher chinesa, e todas do mundo em geral, sofriam na época.

Esta obra é, portanto, uma junção de todos os contratempos que as mulheres passaram antigamente e o preconceito que sofriam em relação aos homens. Considero, então, esta obra uma crítica ao machismo, onde, através de Tai ku, a autora colocou todos os sentimentos e perspetivas enquanto mulher.

Felicidade, tristeza, preocupação, amor, estes são os sentimentos que fazem desta uma obra tão excitante! Por essa razão, aconselho esta obra a todos os amantes de drama (ou não), por transmitir, através de uma das sociedades mais conservadoras do mundo, o papel da mulher.

Nome: “A China fica ao lado”
Autor: Maria Ondina Braga
Editora: Instituto Cultural de Macau
Modo/género literário: Narrativo/Conto


Sugestão de leitura da aluna Beatriz Leirosa