UMAAPOSTACOMFUTURO
BEM-VINDO AO SITE OFICIAL DO
COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS
terça-feira, 19 de Junho de 2018 - 07:25
59 Utilizadores OnLine
UTILIZADOR    SENHA   OK
O Internato

Visita à APAV – PORTO - 8.º C


No dia 11 de maio, o grupo 1 de Área de Descoberta Cultura e Responsabilidade Social visitou a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), no Porto.

A visita começou com a apresentação do espaço, sendo a primeira sala usada pelas colaboradoras da APAV para receber chamadas e “emails” das vítimas ou de alguém conhecedor de uma possível vítima.

A sala seguinte é de atendimento, quando este é feito pessoalmente, seguindo-se salas onde os psicólogos atendem as vítimas, de todas as idades. Entre estas, observámos um espaço propositadamente dedicado a crianças, com tudo preparado para as receber, verificando que todos os matérias e cores tinham o objetivo de as relaxar e fazer sentir à vontade.

Um dos pormenores importantes destas salas é a utilização de quadros para acalmar as vítimas, lenços de papel para o caso das vítimas se emocionarem a partilhar as histórias com os psicólogos e relógios para o controlo do tempo.
A sala ao lado está destinada aos voluntários da Associação onde atendem chamadas das vítimas que não querem revelar a sua identidade e que possui cabines para uma melhor privacidade das chamadas.

Por fim, a última sala pertence à Gestora e à Assessora técnica do GAV do Porto, sendo aqui que as principais responsáveis da APAV trabalham.

Após a apresentação do espaço, fizemos as perguntas que tínhamos preparado que foram, simpaticamente, respondidas pela Dr.ª Joana.

Assim, ficámos a saber que, nesta instituição, acolhem vítimas de diferentes tipos de violência e abuso sexual, de violência no namoro, de violência escolar (“bullying”) e, principalmente, de violência doméstica. Foi-nos dito que vítimas de acidentes, incêndios, tiroteios e outras situações geradoras de traumas são devidamente acompanhadas nos 18 gabinetes que existem em todo o país.

A estratégia mais utilizada é o acompanhamento psicológico, que é feito na sede mais próxima da vítima. Quando são casos particularmente delicados, a terapia é mais demorada e pode implicar realojar a vítima num centro de acolhimento. Normalmente, estes casos são acompanhados pelas autoridades, pois configuram crime e potencial reincidência.

Foi uma visita bastante educativa e conseguimos perceber o que realmente se passa em casa de alguns portugueses. Para além disso, deixámos em aberto a possibilidade de dinamização de futuras campanhas na escola de alguns programas, nomeadamente no que diz respeito à segurança, violência no namoro e “bullying”.

 

Área de Descoberta Cultura e Responsabilidade Social


  
Alvará 726 de 22/01/1943 | Rua do Padrão, 83 . 4415-284 Pedroso - VNG
EDIFÍCIO DO BÁSICO (2º e 3º ciclo e Secundário - privado): TEL. 22 786 04 60 . FAX 22 786 04 61
EDIFÍCIO DO SECUNDÁRIO (Ensino Secundário Financiado): TEL. 22 786 09 20 . FAX 22 786 09 25
Vila Nova de Gaia - Portugal | Endereço de Correio Eletrónico - geral@cic.pt - Mapa